Unidades

Casa de Saúde de Santa Filomena

 Coimbra

 +351 239 851 650

Laboratório D. Diniz

 Coimbra

 +351 239 835 936

Centro de Diagnóstico e Tratamento Integrado

 Coimbra

  +351 239 701 627

Diaton

 Coimbra

 +351 239 851 650

Clínica Radiológica Peito Cruz

 Coimbra

 +351 239 828 626

Centro de Radiologia da Figueira da Foz

 Figueira da Foz

 +351 233 422 593

Imalis

 Leiria

 +351 244 831 921

Centro Hospitalar de S. Francisco

 Leiria

 +351 244 819 300

Clínica da Lousã

 Lousã

 +351 239 073 910/1

Imagran

 Marinha Grande

 +351 244 569 084

Nefrovales

 São Martinho

 +351 239 813 318

Gastrite

01 Out Gastrite

Definição


A gastrite descreve um grupo de condições com uma coisa em comum: inflamação da mucosa do estômago. A inflamação da gastrite é frequentemente o resultado de infecção provocada pela mesma bactéria responsável pela maioria das úlceras de estômago. No entanto, outros factores – como lesão, uso regular de certos analgésicos ou beber álcool em excesso – também podem contribuir para a gastrite.

A gastrite pode surgir subitamente (gastrite aguda) ou pode ocorrer lentamente ao longo do tempo (gastrite crónica). Em alguns casos, a gastrite pode provocar úlceras e um risco aumentado do cancro do estômago. Para a maioria das pessoas, no entanto, a gastrite não é grave e melhora rapidamente com tratamento.


Sintomas


Os sinais e sintomas da gastrite incluem:

  • um ardor ou uma dor corrosiva (indigestão) na região superior do abdómen que pode piorar ou melhor com a ingestão de comida
  • náuseas
  • vómitos
  • uma sensação de enfartamento na região superior do abdómen após a ingestão de alimentos

A gastrite nem sempre apresenta sinais e sintomas.

Quando consultar um médico 
Quase todo as pessoas já tiveram um episódio de indigestão e irritação do estômago. A maioria dos casos de indigestão é de curta duração e não exige cuidados médicos. No entanto, se tiver sinais e sintomas de gastrite consistentemente, durante uma semana ou mais, consulte o seu médico. E certifique-se de falar com o seu médico se tiver problemas de estômago após tomar qualquer medicação sujeita a prescrição ou de venda livre, especialmente a aspirina ou outros analgésicos.

Se vomitar sangue, apresentar sangue nas fezes ou suas fezes parecerem pretas, consulte imediatamente o seu médico para determinar a causa.


Causas


A gastrite desenvolve-se normalmente quando a camada protectora do seu estômago fica enfraquecida ou está danificada. Uma barreira de muco protege a parede do seu estômago dos ácidos que ajudam a digerir os alimentos. Fraquezas na barreira permitem que os seus sucos digestivos danifiquem e inflamem o revestimento do seu estômago. Várias doenças e condições podem tornar a camada protectora do seu estômago vulnerável a danos e aumentar o risco de gastrite.

A gastrite pode surgir subitamente ou desenvolver-se durante semanas e meses:

  • a gastrite aguda é uma inflamação do estômago que se desenvolve rapidamente e tem uma duração curta.
  • A gastrite crónica desenvolve-se gradualmente e pode manter-se durante um longo período de tempo.

Diagnóstico


  • Embora o seu médico possa suspeitar logo de gastrite depois de conversar consigo sobre o seu historial médico e realizar um exame minucioso, poderá ter que realizar exames para identificar a causa exacta. Esses exames incluem:
    • Testes para diagnosticar a H. pylori. O seu médico pode recomendar testes para diagnosticar a presença da bactéria H. pylori no seu organismo. O tipo de teste a que será submetido dependerá da sua situação. A H. pylori pode ser detectada numa análise ao sangue, num exame de fezes ou num teste respiratório. Para o teste respiratório, bebe um copo pequeno de líquido claro, insípido que contém carbono radioactivo. A H. pylori decompõe o líquido do teste no seu estômago. Mais tarde, sopra para dentro de um saco, que é depois selado. Se estiver infectado com H. pylori, a sua amostra de respiração conterá o carbono radioactivo.
    • Utilização de um escopo para examinar o seu sistema digestivo superior (endoscopia). Durante a endoscopia, o seu médico introduz um tubo oco, equipado com uma lente (endoscópio) pela sua garganta e até ao seu esófago, estômago e intestino delgado. Com o endoscópio, o seu médico procura sinais de inflamação. Se for encontrada uma área suspeita, o seu médico poderá recolher amostras pequenas de tecido (biópsia) para exame laboratorial. A biópsia também pode identificar a presença de H. pylori no revestimento do seu estômago.
    • Raio-X do seu sistema digestivo superior. Por vezes designado por exame contrastado com bário ou série gastrintestinal superior, esta série de raios-X cria imagens do seu esófago, estômago e intestino delgado para diagnosticar anomalias. Durante o raio-X, ingere um líquido branco metálico (contendo bário) que reveste o seu tracto digestivo e torna uma úlcera mais visível.

Tratamento


O tratamento da gastrite depende da sua causa específica. A gastrite aguda provocada por anti-inflamatórios não-esteróides (AINEs) ou álcool, pode ser aliviada interrompendo a utilização dessas substâncias. A gastrite crónica provocada pela infecção por H. pylori é tratada através da erradicação da bactéria. A maioria dos planos de tratamento da gastrite também integra medicamentos que tratam a acidez estomacal, com o objectivo de reduzir os sinais e sintomas que está a sentir e curar o seu estômago.

Os medicamentos utilizados para tratar a gastrite incluem:

  • Antibióticos para matar a H. pylori. Se for encontrada H. pylori no seu sistema digestivo, o seu médico pode recomendar uma combinação de antibióticos para matar a bactéria. Os regimes de antibióticos são diferentes em todo o mundo. Nos Estados Unidos, os antibióticos prescritos para o tratamento da H. pylori incluem amoxicilina, claritromicina (Biaxin), metronidazol (Flagyl) e tetraciclina. Irá provavelmente precisar de tomar antibióticos durante duas semanas, dependendo do seu tipo e número.
  • Medicamentos que bloqueiam a produção de ácido e promovem a cura. Os inibidores da bomba de protões reduzem o ácido bloqueando a acção das partes das células que produzem ácido. Estes medicamentos incluem os medicamentos sujeitos a receita e de venda livre omeprazol (Prilosec), lansoprazol (Prevacid), rabeprazol (Aciphex) esomeprazol (Nexium), dexlansoprazol (Dexilant) e pantoprazol (Protonix). O uso prolongado de inibidores da bomba de protões, sobretudo em doses elevadas, pode aumentar o risco de fracturas da anca, punho e coluna vertebral. Pergunte ao seu médico se um suplemento de cálcio pode reduzir este risco.
  • Medicamentos para reduzir a produção de ácido. Os bloqueadores de ácido – também designados por bloqueadores de histamina (H-2) – reduzem a quantidade de ácido libertada no seu aparelho digestivo, aliviando a dor da gastrite e estimulando a cura. Disponível em medicamentos sujeitos a receita médica e de venda livre, os bloqueadores de ácido incluem ranitidina (Zantac), famotidina (Pepcid), cimetidina (Tagamet) e nizatidine (Axid).
  • Antiácidos que neutralizam os ácidos do estômago. O seu médico pode incluir um antiácido no seu plano de medicação. Os antiácidos neutralizam o ácido existente no estômago e podem proporcionar um alívio rápido da dor. Os efeitos colaterais podem incluir obstipação ou diarréia, dependendo dos ingredientes principais.


Envie-nos o seu contacto, para podermos ajudar

Indique-nos  todas as informações possíveis para prestarmos o melhor atendimento, o mais personalizável possível.






×