Unidades

Casa de Saúde de Santa Filomena

 Coimbra

 +351 239 851 650

Laboratório D. Diniz

 Coimbra

 +351 239 835 936

Centro de Diagnóstico e Tratamento Integrado

 Coimbra

  +351 239 701 627

Diaton

 Coimbra

 +351 239 851 650

Clínica Radiológica Peito Cruz

 Coimbra

 +351 239 828 626

Centro de Radiologia da Figueira da Foz

 Figueira da Foz

 +351 233 422 593

Imalis

 Leiria

 +351 244 831 921

Centro Hospitalar de S. Francisco

 Leiria

 +351 244 819 300

Clínica da Lousã

 Lousã

 +351 239 073 910/1

Imagran

 Marinha Grande

 +351 244 569 084

Nefrovales

 São Martinho

 +351 239 813 318

Dermatite

01 Out Dermatite

Definição


A dermatite é um termo geral que descreve uma inflamação da pele. Existem diferentes tipos de dermatite, incluindo dermatite seborreica e dermatite atópica (eczema). Apesar desta perturbação poder ter várias causas e ocorrer de várias formas, normalmente envolve inchaço, vermelhidão e prurido da pele.

A dermatite é uma condição comum que normalmente não ameaça a vida nem é contagiosa. Porém, pode fazê-lo sentir-se desconfortável e consciente do que sofre. Uma combinação de passos de cuidado pessoal e medicamentos pode ajudá-lo a tratar a dermatite.


Sintomas


Cada tipo de dermatite tem sinais e sintomas distintos. Os sinais e sintomas comuns incluem:

  • Vermelhidão
  • Inchaço
  • Comichão
  • Lesões na pele

Os tipos de dermatite incluem:

  • Dermatite de contacto, um prurido que resulta do contacto repetido com substâncias irritantes ou que produzem a alergia, tal como hera venenosa
  • Neurodermatite, uma condição de pele com comichão crónica, localizada em determinadas áreas da pele
  • Dermatite seborreica, uma condição comum no couro cabeludo e rosto que normalmente causa a caspa
  • Dermatite de estase, uma condição da pele provocada por uma acumulação de líquido por baixo da pele das pernas
  • Dermatite atópica, mais frequentemente conhecida apenas por eczema ou eczema atópico, um prurido com comichão crónico com tendência a aparecer e desaparecer
  • Dermatite perioral, um prurido com borbulhas em redor da boca

Quando consultar um médico
Consulte o seu médico no caso de:

  • Estar tão desconfortável que não consiga dormir ou se distraia nas suas rotinas diárias
  • A sua pele ficar dolorosa
  • Suspeitar que tem a pele infectada
  • Ter tentado os passos de cuidado pessoal sem êxito

Causas


Um número de condições de saúde, alergias, factores genéricos, tensões físicas e mentais e irritantes podem provocar a dermatite.

Dermatite de contacto
Esta condição resulta do contacto directo com um de vários irritantes ou alergénios.

Os irritantes comuns incluem:

  • Detergente da roupa
  • Sabonetes ou gel duche
  • Produtos de limpeza

Os possíveis alergénios incluem:

  • Borracha
  • Metais, como níquel; joalharia
  • Perfume e fragrâncias
  • Cosméticos
  • Plantas, como hera venenosa
  • Neomicina e bacitracina, ingredientes comuns em cremes antibióticos tópicos

É preciso uma grande quantidade de contacto com um irritante, durante um longo período de tempo para provocar a dermatite do que o que é preciso com um alergénio. Assim que ficar sensitizado a um alergénio, apenas a breve exposição a uma pequena quantidade do mesmo pode provocar a dermatite. Assim que desenvolver sensibilidade a um alergénio, normalmente fica com esse problema para a vida.

Neurodermatite
Também conhecida como líquen simples crónico, este tipo de dermatite normalmente desenvolve-se quando algo criou uma sensação de comichão numa área específica da sua pele. Esta irritação pode fazer você esfregar ou arranhar a pele repetidamente nessa área. Os locais comuns incluem o tornozelo, pulso, cotovelo ou braço e a parte de trás do seu pescoço.

Os possíveis factores subjacentes incluem:

  • Pele seca
  • Irritação crónica
  • Eczema

Dermatite seborreica
Esta condição provoca uma vermelhidão com escamas amareladas e de algum modo “oleosas” normalmente no couro cabeludo e por vezes no rosto, especialmente em redor das orelhas e do nariz. É comum em pessoas com pele ou cabelo oleosos e pode aparecer e desaparecer dependendo da época do ano. É provável que os factores hereditários sejam parte desta condição.

Os possíveis factores subjacentes incluem:

  • Tensão física
  • Condições neurológicas, como doença de Parkinson

Em crianças, esta perturbação é conhecida como crosta láctea.

Dermatite de estase
A dermatite de estase pode ocorrer quando o líquido se acumula nos tecidos por baixo da pele – normalmente na parte inferior das pernas – devido a um fluxo sanguíneo lento das veias da perna de volta para o coração. O líquido extra interfere com a capacidade do seu sangue de nutrir a pele e coloca pressão extra na pele a partir do interior.

Os possíveis factores subjacentes incluem:

  • Veias varicosas
  • Obesidade, por vezes extrema
  • Outras condições crónicas ou infecções recorrentes que afectam a circulação nas suas pernas, como gravidez ou trombose venosa profunda.

Dermatite atópica
Esta condição ocorre frequentemente com alergias e surge normalmente em famílias cujos membros tenham asma, febre dos fenos ou eczema. Normalmente começa na infância e pode variar em gravidade durante o crescimento e adolescência. Tem tendência a tornar-se um problema menor na idade adulta, excepto se estiver exposto a alergénios ou irritantes no local de trabalho.

Os possíveis factores subjacentes incluem uma combinação de:

  • Pele seca, irritável
  • Uma anomalia no sistema imunitário do corpo
  • Uma tendência genética para condições de alergia, como asma, febre dos fenos ou eczema

A tensão pode exacerbar a dermatite atópica, mas não provoca a dermatite.

Dermatite perioral
Este tipo de dermatite pode ser uma forma da perturbação da pele rosácea, acne adulta ou dermatite seborreica, que envolve a pele em redor da boca ou nariz.

Os possíveis factores subjacentes incluem:

  • Maquilhagem
  • Hidratantes
  • Corticosteróides tópicos

Diagnóstico


  • O seu médico pode diagnosticar-lhe dermatite depois de falar consigo sobre os sinais e sintomas que tiver e de examinar a sua pele.

    Teste de pensos
    No caso de dermatite de contacto, o seu médico pode realizar um teste de pensos na sua pele, para verificar que substâncias inflamam a sua pele. Neste teste, o seu médico aplica pequenas quantidades de várias substâncias na sua pele através de um adesivo. Durante as visitas nos próximos dias, o seu médico examina a pele para verificar se teve uma reação a alguma das substâncias. Este tipo de teste é muito útil para determinar se tem alergias de contacto específicas.


Tratamento


O tratamento da dermatite varia dependendo da causa. Através da utilização de cremes com corticosteróides, aplicação de compressas molhadas e evitar irritantes são os principais pontos da maioria dos planos de tratamento da dermatite. Para minimizar os efeitos secundários, como pele fina e para aumentar a eficácia, são geralmente utilizados corticosteróides tópicos apenas a curto prazo até o prurido estar sob controlo.

Para alguns tipos de dermatite, os medicamentos sem esteróides podem ajudar a aliviar os sinais e sintomas. E para todos os tipos de dermatites, a utilização ocasional de anti-histamínicos orais de venda livre pode reduzir a comichão.

Dermatite de contacto
O tratamento consiste primeiramente em identificar a causa do prurido e então evitá-la.

As opções de tratamento incluem:

  • Cremes com hidrocortisona
  • Outros cremes com esteróides mais fortes
  • Compressas frescas, molhadas na área afectada

Neurodermatite
Fazer com que pare de arranhar e evitar o posterior agravamento da sua pele são os objectivos do tratamento.

As opções de tratamento incluem:

  • Tapar a área afectada para evitar que arranhe
  • Hidrocortisonas e loções e cremes semelhantes
  • Compressas molhadas
  • Em alguns casos, medicamentos anti-depressivos ou medicamentos para a ansiedade

Além disso, o aconselhamento pode ajudá-lo a saber como as suas emoções e comportamentos aumentam – ou impedem – que coce e arranhe.

Dermatite seborreica
Shampoos com medicamento são normalmente a primeira opção de tratamento.

As opções de tratamento incluem:

  • Óleo mineral ou azeite morno para remover as escamas
  • Shampoos que contenham alcatrão, ácido salicílico ou cetoconazol como ingrediente ativo
  • Cremes e loções de hidrocortisona tópica

Dermatite de estase
O tratamento consiste na correção da condição que provoca a acumulação de líquido nas suas pernas ou tornozelos durante longos períodos.

As opções de tratamento incluem:

  • Utilizar um tubo de suporte elástico
  • Cirurgia às veias varicosas
  • Utilizar compressas molhadas para suavizar a pele engrossada, mas frágil e para controlar a infecção

Dermatite atópica
Além de aliviar a vermelhidão e comichão, os tratamentos para esta condição estão direccionados para tratar feridas que podem infectar na sua pele.

As opções de tratamento incluem:

  • Loções com hidrocortisona
  • Compressas molhadas com propriedades ligeiramente astringentes
  • Medicamentos tópicos imunossupressores, como tacrolimus (Protopic) e pimecrolimus (Elidel)

Além disso, a terapia ligeira, que envolve a exposição da sua pele a quantidades controladas de luz natural ou artificial, pode ser utilizada para evitar o novo surgimento de dermatite atópica.

Dermatite perioral
Em geral, os médicos tentam evitar tratar esta condição com corticosteróides fortes. Quando esses medicamentos potentes são parados, a dermatite perioral pode voltar e até piorar.

As opções de tratamento incluem:

  • O antibiótico oral tetraciclina, por vezes tomado durante vários meses
  • Um creme ligeiro de corticosteróides


Envie-nos o seu contacto, para podermos ajudar

Indique-nos  todas as informações possíveis para prestarmos o melhor atendimento, o mais personalizável possível.






×