Unidades

Casa de Saúde de Santa Filomena

 Coimbra

 +351 239 851 650

Laboratório D. Diniz

 Coimbra

 +351 239 835 936

Centro de Diagnóstico e Tratamento Integrado

 Coimbra

  +351 239 701 627

Diaton

 Coimbra

 +351 239 851 650

Clínica Radiológica Peito Cruz

 Coimbra

 +351 239 828 626

Centro de Radiologia da Figueira da Foz

 Figueira da Foz

 +351 233 422 593

Imalis

 Leiria

 +351 244 831 921

Centro Hospitalar de S. Francisco

 Leiria

 +351 244 819 300

Clínica da Lousã

 Lousã

 +351 239 073 910/1

Imagran

 Marinha Grande

 +351 244 569 084

Nefrovales

 São Martinho

 +351 239 813 318

Conjuntivite

02 Out Conjuntivite

Definição


A conjuntivite é uma inflamação ou infecção da membrana transparente (conjuntiva) que reveste a pálpebra e a parte branca do olho. Quando os pequenos vasos da conjuntiva ficam inflamados, tornam-se mais visíveis. O que faz com que a parte branca do olho fique avermelhada.

A conjuntivite é habitualmente causada por uma infecção bacteriana ou viral, por uma reacção alérgica ou – no caso dos bebés – por o canal lacrimal não se encontrar completamente aberto.

Embora possa ser incómoda, a conjuntivite raramente afecta a visão. Os tratamentos podem diminuir o desconforto causado pela conjuntivite. Porque pode ser contagiosa, o diagnóstico e tratamento precoce ajuda a limitar que a conjuntivite se espalhe.


Sintomas

Os sintomas mais comuns incluem:

  • Vermelhidão em um ou nos dois olhos
  • Comichão num olho ou nos dois
  • Sensação de corpo estranho num olho ou nos dois
  • Secreção em um ou em ambos os olhos que forma uma crosta durante a noite e que, de manhã, impede de abrir o(s) olho(s).
  • Lágrimas

Quando ir ao médico
Consulte o médico se notar sinais ou sintomas de que possa ter conjuntivite. A conjuntivite é altamente contagiosa até quase duas semanas após o aparecimento dos sintomas. O diagnóstico e tratamento precoces podem fazer com que as pessoas à sua volta não tenham conjuntivite também.

Os utilizadores de lentes de contacto devem deixar de usar lentes a partir dos primeiros sintomas de conjuntivite. Se os sintomas não começarem a passar no prazo de 12 a 24 horas, marque uma consulta com o oftalmologista para ter a certeza de que não tem uma infecção mais grave relacionada com o uso de lentes de contacto.

Para além disso, existem outras doenças oculares que podem causar vermelhidão. Habitualmente, estas doenças causam também dor e visão desfocada. Se sentir estes sintomas, procure ajuda rapidamente.



Causas


As causas da conjuntivite incluem:

  • Vírus
  • Bactérias
  • Alergias
  • Salpicos de substâncias químicas no olho
  • Objecto estranho dentro do olho
  • Em recém-nascidos, canal lacrimal bloqueado

Conjuntivite viral e bacteriana
A conjuntivite viral e a conjuntivite bacteriana podem afectar um ou os dois olhos. Na conjuntivite viral, as secreções produzidas são aquosas. Na conjuntivite bacteriana, as secreções são normalmente mais espessas e amarelo-esverdeadas. Tanto a conjuntivite viral como a bacteriana podem estar associadas a constipações ou a sintomas de infecção respiratória, por exemplo, garganta inflamada.

Tanto a viral como a bacteriana são muito contagiosas. Espalham-se através do contacto directo com as secreções do olho de uma pessoa infectada.

Tanto adultos como crianças podem ter estes dois tipos de conjuntivite. No entanto, a bacteriana é mais comum nas crianças do que nos adultos.

Conjuntivite alérgica
A conjuntivite alérgica afecta os dois olhos e é uma reação a uma substância alergénica como o pólen. Em resposta aos alérgenos, o corpo produz um anticorpo chamado imunoglobina E (IgE). Este anticorpo acciona umas células especiais, chamadas mastócitos, na mucosa dos olhos e nas vias aéreas e que libertam substâncias anti-inflamatórias, incluindo histaminas. A descarga de histamina pode produzir uma série de sinais e sintomas alérgicos, incluindo a conjuntivite.

Se sofre de conjuntivite alérgica, pode sentir muita comichão, o olho a chorar e inflamado, assim como ter espirros e secreções nasais. A maior parte das conjuntivites alérgicas podem ser controladas através do uso de gotas oculares.

Conjuntivite causada por irritação
A irritação causada por salpicos de uma substância química ou por um objecto estranho dentro do olho também podem causar conjuntivite. Por vezes, lavar ou limpar o olho para retirar a substância química ou o objecto estranho pode causar vermelhidão e irritação. Os sinais e sintomas, que podem incluir olho lacrimejante e secreções, habitualmente melhoram sozinhos no espaço de um dia.


Diagnóstico


Para saber se tem conjuntivite, o médico irá examinar os seus olhos. O médico poderá também tirar uma amostra das secreções da conjuntiva para análise laboratorial se a sua conjuntivite for grave, se as córneas estiverem afectadas ou se tiver infecções recorrentes que não respondem ao tratamento.


Tratamento


Tratamento da conjuntivite bacteriana
Se a sua infeção for bacteriana, o médico poderá receitar um antibiótico em gotas para colocar no olho e a infecção deverá desaparecer no espaço de dias. Para o tratamento da conjuntivite em crianças são por vezes receitados antibióticos em pomada em vez de gotas.  Num bebé ou numa criança, a pomada é muitas vezes mais fácil de aplicar do que as gotas, embora a pomada possa causar visão turva até 20 minutos após a aplicação. Com qualquer dos tipos de medicação, espera-se que os sinais e sintomas comecem a desaparecer no espaço de alguns dias. Siga as instruções médicas e use o antibiótico durante o período indicado pelo médico para evitar que a infecção reincida.

Tratamento da conjuntivite viral
Não existe tratamento para a maioria dos casos de conjuntivite viral. O vírus precisa de tempo para cumprir o seu ciclo de vida – cerca de duas a três semanas. A conjuntivite viral começa muitas vezes num olho e depois espalha-se para o outro olho ao fim de alguns dias. Os sinais e sintomas deverão desaparecer por si próprios.

A medicação anti-viral poderá ser uma opção se o médico considerar que a sua conjuntivite viral é causada pelo vírus herpes simplex.

Tratamento da conjuntivite alérgica
Se a irritação é conjuntivite alérgica, o médico poderá prescrever um dos muitos tipos de gotas oculares para quem sofre de alergias. Estas podem incluir medicação que ajuda a controlar a reacção alérgica, tais como anti-histamínicos e estabilizadores de mastócitos, ou medicamentos que ajudem a controlar a infecção, tais como descongestionantes, esteroides e gotas anti-inflamatórias. Poderá também diminuir a gravidade dos sintomas da conjuntivite alérgica se evitar, sempre que possível, o que quer que lhe causa alergia.



Envie-nos o seu contacto, para podermos ajudar

Indique-nos  todas as informações possíveis para prestarmos o melhor atendimento, o mais personalizável possível.






×