Unidades

Casa de Saúde de Santa Filomena

 Coimbra

 +351 239 851 650

Laboratório D. Diniz

 Coimbra

 +351 239 835 936

Centro de Diagnóstico e Tratamento Integrado

 Coimbra

  +351 239 701 627

Diaton

 Coimbra

 +351 239 851 650

Clínica Radiológica Peito Cruz

 Coimbra

 +351 239 828 626

Centro de Radiologia da Figueira da Foz

 Figueira da Foz

 +351 233 422 593

Imalis

 Leiria

 +351 244 831 921

Centro Hospitalar de S. Francisco

 Leiria

 +351 244 819 300

Clínica da Lousã

 Lousã

 +351 239 073 910/1

Imagran

 Marinha Grande

 +351 244 569 084

Nefrovales

 São Martinho

 +351 239 813 318

Sinusite aguda

02 Out Sinusite aguda

Definição


A sinusite aguda (rinossinusite aguda) faz com que as cavidades em redor das suas vias nasais (canais sinusais) fiquem inflamados e inchem. Isto interfere com a drenagem e provoca acumulação de muco.
Com sinusite aguda, pode ser difícil respirar pelo nariz. A área em redor dos olhos e o rosto podem parecer inchados e pode ter uma dor lancinante facial ou dor de cabeça.
A sinusite aguda é muitas vezes provocada pela gripe comum. Outros desencadeadores incluem bactérias, alergias e infecções fúngicas. O tratamento da sinusite aguda depende da causa. Na maioria dos casos, os remédios caseiros são suficientes. Porém, a sinusite persistente pode provocar infecções graves e outras complicações. A sinusite que dure mais de 12 semanas ou que continue a retornar, é chamada de sinusite crónica.


Sintomas

A sinusite aguda inclui frequentemente:

  • Muco espesso, amarelo ou esverdeado do nariz ou pela parte traseira da garganta
  • Obstrução nasal ou congestão que provoca dificuldade em respirar pelo nariz
  • Dor, dormência, inchaço e pressão em redor dos olhos, bochechas, nariz ou testa
  • Dor na mandíbula superior e nos dentes
  • Sensação reduzida de cheiro e gosto
  • Tosse, que pode piorar à noite

Os sinais e sintomas podem incluir:

  • Dor de ouvidos
  • Dor de cabeça
  • Garganta inflamada
  • Mau hálito (halitose)
  • Fadiga
  • Febre

Quando consultar um médico
Se tiver sintomas ligeiros de sinusite, experimente um tratamento pessoal.

Contacte o seu médico se sentir algum dos seguintes sintomas:

  • Sintomas que não melhoram dentro de alguns dias ou sintomas que pioram
  • Uma febre persistente
  • Historial de sinusite recorrente ou crónica

Consulte um médico imediatamente se tiver sinais ou sintomas que possam indicar uma infecção grave:

  • Dor ou inchaço em redor dos olhos
  • Testa inchada
  • Dor de cabeça forte
  • Confusão
  • Visão dupla ou outras alterações de visão
  • Pescoço rígido
  • Falta de ar


Causas


Quando tem sinusite, as membranas mucosas do seu nariz, seios nasais e garganta (tracto respiratório superior) ficam inflamados. O inchaço obstroi as aberturas dos seios nasais e impede que o muco seja drenado normalmente, o que provoca dor facial e outros sintomas de sinusite.

Os seios nasais obstruídos criam um ambiente de humidade que torna mais fácil o surgimento de uma infecção. Os seios nasais que ficam infectados e não conseguem drenar ficam cheios de pus, o que leva a sintomas como muco espesso, amarelo ou esverdeado e outros sintomas de infecção.

A sinusite aguda pode ser causada por:

  • Infecção viral. A maioria dos casos de sinusite aguda são causados pela gripe comum.
  • Infecção bacteriológica. Quando uma infecção do tracto respiratório superior persiste durante mais de sete a dez dias, é provavelmente causada por uma infecção bacteriológica e não viral.
  • Infecção fúngica. Você fica em maior risco de uma infecção fúngica se tiver anomalias nos seios nasais ou um sistema imunitário enfraquecido.

Algumas condições de saúde podem aumentar o seu risco de apanhar uma infecção dos seios nasais que causa a sinusite ou podem aumentar o seu risco de apanhar sinusite que não é causada por nenhuma infecção subjacente. Essas condições podem incluir:

  • Alergias como febre dos fenos. Inflamação que ocorre com alergias pode bloquear os seus seios nasais.
  • Pólipos ou tumores nasais. Esse crescimento de tecidos pode bloquear as vias nasais ou os seios nasais.
  • Desvio do septo nasal. Um septo deformado – a parede entre as narinas – pode restringir ou bloquear as vias dos seios nasais.
  • Infecção de dentes. Um pequeno número de sinusite aguda é provocada por um dente infectado.
  • Adenóides inchadas ou infectadas em crianças. As adenóides situam-se na parte traseira superior da garganta.
  • Outras condições médicas. As complicações de fibrose cística, doença do refluxo gastroesofágico (DRGE) ou distúrbios no sistema imunológico podem resultar em seios nasais bloqueados ou num maior risco de infecção.

Diagnóstico


O seu médico pode utilizar vários métodos para ajudar a analisar a sinusite aguda, como:

  • Exame físico. Para procurar a causa dos seus sintomas, o seu médico irá procurar dormência no seu nariz ou garganta. O seu médico pode utilizar uma ferramenta para manter o seu nariz aberto e aplicar medicação para contrair os vasos sanguíneos nas vias nasais. Isto facilita a visualização do interior das vias nasais. O seu médico irá então direccionar uma luz para as vias nasais para procurar inflamação ou liquido. Esta inspecção visual vai também ajudar a excluir condições físicas que desencadeiem a sinusite, como pólipos nasais ou outras anomalias.
  • Endoscopia nasal. Um tubo fino e flexível (endoscópio) com luz de fibra-óptica inserido através do seu nariz permite ao médico inspeccionar visualmente o interior dos seus seios nasais.
  • Estudos de imagens. Imagens tiradas com tomografia computorizada (CT) ou imagem de ressonância magnética (MRI) podem mostrar detalhes dos seus seios nasais e da área nasal. Estas poderão identificar uma inflamação profunda ou obstrução física que seja difícil de detectar com um endoscópio.
  • Culturas nasais e dos seios nasais. Normalmente os testes de laboratório não são necessários para diagnosticar a sinusite aguda. Porém, em casos em que a condição não responda ao tratamento ou continue a aumentar, as culturas de tecidos podem ajudar a indicar a causa, como identificar uma causa bacteriológica.
  • Teste de alergias. Se o seu médico suspeitar que a condição pode ser suscitada por alergias, pode ser recomendado um teste de alergias na pele. Um teste na pele é seguro e rápido e pode ajudar a indicar o alergénio responsável pelos seus ataques nasais.

Tratamento


A maioria dos casos de sinusite aguda não precisam de tratamento, pois são provocados pelos vírus que causam a gripe comum. As técnicas de cuidado pessoal são normalmente o único tratamento necessário para acelerar a recuperação e aliviar os sintomas.

Tratamentos para aliviar os sintomas
O seu médico pode recomendar tratamentos que ajudam a aliviar os sintomas da sinusite, incluindo:

  • Spray nasal salino, que pulveriza para o nariz várias vezes ao dia, para lavar as vias nasais.
  • Corticosteróides nasais. Estes sprays nasais ajudam a evitar e tratar a inflamação. Os exemplos incluem fluticasona (Flonase), mometasona (Nasonex), budesonida (Rinocort Aqua), triamcinolona (Nasacort AQ) e beclometasona (Beconase AQ).
  • Descongestionantes. Estes medicamentos estão disponíveis em venda livre em forma de líquido, comprimidos ou sprays nasais sob receita. Os descongestionantes de venda livre incluem o Sudafed, Actifed e Drixoral. Os sprays nasais influem fenilefrina (Neo-Synefrina, outros) e oximetazolina (Afrin, outros). Normalmente esse medicamentos são tomados apenas durante alguns dias no máximo. Caso contrário, pode provocar o ressurgimento de congestão mais grave (congestão de recaída).
  • Analgésicos de venda livre, como a aspirina, acetaminofen (Tylenol, outros) ou Ibuprofeno (Advil, Motrin, outros). A aspirina foi relacionada com a síndrome de Reye, portanto tenha cuidado quando administra aspirina a crianças ou adolescentes. Apesar de a aspirina estar aprovada para ser utilizada em crianças com mais de 2 anos, as crianças e adolescentes nunca devem tomar aspirina se estiverem a recuperar de varicela ou sintomas semelhantes a gripe. Fale com o seu médico se tiver alguma dúvida.

Antibióticos
Normalmente não são necessários antibióticos para tratar de sinusite aguda.

  • Os antibióticos não ajudam quando a sinusite aguda é causada por uma infecção viral ou fúngica.
  • A maioria dos casos de sinusite bacteriológica melhora sem antibióticos.
  • O tratamento com antibióticos é normalmente necessário se tiver uma infecção bacteriológica, especialmente se a infecção for grave, recorrente ou persistente.

Os antibióticos para utilizar a sinusite aguda causada por uma infecção bacteriológica incluem a amoxicilina (Amoxil, Trimox, outros), doxiclina (Doryx, Monodox, outros) ou o medicamento combinado de trimetropina-sulfametoxazole (Bactrim, Septra, outros). Se a infecção não desaparecer ou se a sinusite voltar, o seu médico pode experimentar um antibiótico diferente.

Se o seu médico lhe receitar antibióticos, é crucial tomar durante todo o período da medicação. Geralmente, isso significa que terá de tomar durante 10 a 14 dias – mesmo se os sintomas melhorarem. Se parar de tomar os antibióticos antes do tempo, os sintomas podem retornar.

Medicamentos antifúngicos
Raramente, a sinusite aguda é causada por uma infecção fúngica, que pode ser tratada com medicação antifúngica. A dose da medicação – assim como a duração do tratamento – depende da gravidade da sua infecção e da rapidez com que os sintomas melhoram.

Imunoterapia
Se as alergias estiverem a contribuir para a sua sinusite, injecções para alergia (imunoterapia) que ajudam a reduzir a reacção do corpo a alergénios específicos podem ajudar a tratar os seus sintomas.



Envie-nos o seu contacto, para podermos ajudar

Indique-nos  todas as informações possíveis para prestarmos o melhor atendimento, o mais personalizável possível.






×