Unidades

Casa de Saúde de Santa Filomena

 Coimbra

 +351 239 851 650

Laboratório D. Diniz

 Coimbra

 +351 239 835 936

Centro de Diagnóstico e Tratamento Integrado

 Coimbra

  +351 239 701 627

Diaton

 Coimbra

 +351 239 851 650

Clínica Radiológica Peito Cruz

 Coimbra

 +351 239 828 626

Centro de Radiologia da Figueira da Foz

 Figueira da Foz

 +351 233 422 593

Imalis

 Leiria

 +351 244 831 921

Centro Hospitalar de S. Francisco

 Leiria

 +351 244 819 300

Clínica da Lousã

 Lousã

 +351 239 073 910/1

Imagran

 Marinha Grande

 +351 244 569 084

Nefrovales

 São Martinho

 +351 239 813 318

Alergias

02 Out Alergias

Definição


As alergias ocorrem quando o seu sistema imunológico reage a uma substância estranha, como pólen, veneno de abelhas ou pelo de animais.

O seu sistema imunológico produz substâncias conhecidas como anticorpos. Alguns destes anticorpos protegem-no de invasores indesejáveis que podem pô-lo doente ou provocar uma infecção. Quando tem alergias, o seu sistema imunológico cria anticorpos que identificam um alergénio específico como algo prejudicial, mesmo que não o seja. Quando entra em contacto com um alergénio, a reacção do seu sistema imunológico pode inflamar a sua pele, os seios nasais, vias respiratórias ou o sistema digestivo.

A gravidade das alergias varia de pessoa para pessoa e pode ir desde uma irritação ligeira a anafilaxia – uma emergência que potencialmente ameaça a vida. Enquanto a maioria das alergias não pode ser curada, existem vários tratamentos que podem ajudar a aliviar os seus sintomas de alergia.


Sintomas

Os sintomas de alergia dependem da sua alergia em específico, e podem envolver as vias respiratórias, os seios nasais e passagens nasais, a pele e o sistema digestivo. As reacções alérgicas podem variar de ligeiras a graves. Em alguns casos graves, as alergias podem desencadear uma reacção que ameace a vida no seu corpo, conhecida como anafilaxia.

Febre dos fenos, também chamada de rinite alérgica pode provocar:

  • Congestão
  • Comichão no nariz, corrimento nasal
  • Comichão nos olhos, olhos aguados ou inchados (conjuntivite)

Dermatite atópica, uma condição de pele alérgica também chamada de eczema, pode provocar:

  • Comichão na pele
  • Pele vermelha
  • Escamação ou pelar na pele

Uma alergia alimentar pode provocar:

  • Boca com sensação de formigueiro
  • Inchaço dos lábios, língua, rosto ou garganta
  • Urticária
  • Anafilaxia

Uma alergia por mordida de insecto pode provocar:

  • Uma grande área de inchaço (edema) na zona da picada
  • Comichão ou urticária por todo o corpo
  • Tosse, aperto no peito, dificuldade em respirar ou falta de ar
  • Anafilaxia

Uma alergia a medicamentos pode provocar:

  • Urticária
  • Comichão na pele
  • Prurido
  • Inchaço facial
  • Dificuldade em respirar
  • Anafilaxia

Anafilaxia
Alguns tipos de alergias, incluindo alergias a alimentos e picadas de insectos podem ter o potencial de desencadear uma reacção grave, conhecida como anafilaxia. Sendo uma emergência médica que ameaça a vida, esta reacção pode fazer com que você entre em choque. Os sinais e sintomas da anafilaxia incluem:

  • Perda de consciência
  • Tonturas
  • Falta de ar grave
  • Um pulso rápido e fraco
  • Prurido na pele
  • Náuseas e vómitos
  • Inchaço das vias respiratórias, que pode bloquear a respiração

Quando consultar um médico
Pode ter de consultar um médico se tiver sintomas que considere serem causados por uma alergia, especialmente se reparar em algo no seu ambiente que pareça desencadear as suas alergias. Se tiver sintomas depois de tomar um novo medicamento, contacte de imediato o médico que lhe receitou o medicamento.

Para uma reacção alérgica grave (anafilaxia), ligue o 112 ou o seu número de emergência local ou procure ajuda médica de emergência. Se tiver um auto-injector de epinefrina, administre imediatamente a si mesmo uma injecção. Mesmo se os sintomas melhorarem após a injecção de epinefrina de emergência, continua a ser necessário ir às urgências, para garantir que os sintomas não voltam quando os efeitos da injecção passarem.

Se tiver tido um ataque de alergia grave ou quaisquer sinais e sintomas de anafilaxia no passado, marque uma consulta com o seu médico. A avaliação, diagnóstico e gestão a longo prazo da anafilaxia são complicados, portanto provavelmente terá de consultar um médico especialista em alergias e imunologia.



Causas


Uma alergia começa quando o sistema imunológico confunde uma substância normalmente inofensiva por um invasor perigoso. O sistema imunológico produz então anticorpos que estão sempre de alerta para esse alergénio em específico. Quando você é exposto ao alergénio novamente no futuro, esses anticorpos podem libertar um número de químicos do sistema imunológico, como a histamina, que provocam sintomas de alergia.

Os desencadeadores comuns de alergias incluem:

  • Alergénios transportados pelo ar, como pólen, pelo de animais, ácaros do pó e bolor
  • Determinados alimentos, em particular amendoins, nozes, trigo, soja, peixe, marisco, ovos e leite
  • Picadas de insectos, como picadas de abelhas ou vespas
  • Medicamentos, em particular a penicilina ou antibióticos à base de penicilina
  • Látex ou outras substâncias em que toque, que podem provocar reacções alérgicas na pele

Diagnóstico


Para avaliar se tem ou não uma alergia, o seu médico pode:

  • Fazer perguntas detalhadas sobre sinais e sintomas
  • Realizar um exame físico
  • Pedir-lhe para manter um diário detalhado dos sintomas e possíveis desencadeadores

Se tiver uma alergia alimentar, o seu médico pode:

  • Pedir-lhe para manter um diário detalhado dos alimentos que ingere
  • Pedir-lhe para eliminar um alimento da sua dieta (dieta de eliminação) – e depois pedir-lhe para comer o alimento em questão novamente para ser se provoca uma reacção

O seu médico pode também recomendar-lhe um ou ambos os seguintes testes:

  • Teste de pele. Neste teste, a sua pele é picada e exposta a pequenas quantidades de proteínas encontradas no seu potencial alergénio Se for alérgico, provavelmente irá desenvolver um inchaço (prurido) no local do teste na sua pele. Os especialistas em alergias normalmente estão mais bem equipados para realizar e interpretar os testesl de alergia na pele.
  • Testes sanguíneos. Um teste ao sangue, por vezes chamado de teste radiológico por conjugação do alérgeno (RAST) pode medir a resposta do seu sistema imunológico a um alergénio específico ao medir a quantidade de anticorpos que provocam a alergia na sua corrente sanguínea, conhecidos como anticorpos da imunoglobulina E (IgE). Uma amostra de sangue é enviada para um laboratório médico onde pode ser testado para verificar se existe sensibilidade a possíveis alergénios.

Se o seu médico suspeitar que os seus problemas são causados por algo diferente de uma alergia, pode ter de precisar de outros testes para identificar – ou excluir – outros problemas médicos.


Tratamento


Os tratamentos de alergia incluem:

  • Evitar o alergénio. O seu médico ajuda-o a actuar de modo a identificar e evitar os desencadeadores de alergias. Este é geralmente o passo mais importante para evitar reacções alérgicas e reduzir os sintomas.
  • Medicamentos para reduzir os sintomas. Os medicamentos para alergias podem ajudar a reduzir a reacção do seu sistema imunológico e acalmar os sintomas. Os medicamentos que utiliza dependem do tipo de alergia que tem. Podem incluir medicamentos de venda livre ou de receita na forma de medicamentos orais, sprays nasais ou gotas para os olhos. Alguns medicamentos comuns para as alergias incluem corticosteróides, anti-histamínicos, descongestionantes, sódio de cromolina e modificadores de leucotrienos.
  • Imunoterapia. Para alergias graves ou alergias que não são totalmente aliviadas por outro tratamento, o seu médico pode recomendar injecções para alergias (imunoterapia). Este tratamento envolve uma série de injecções de extractos de alergénios purificados, normalmente administradas durante um período de alguns anos.

Epinefrina de emergência. Se tiver uma alergia grave, o seu médico pode dar-lhe uma injecção de epinefrina de emergência para transportar sempre consigo. Dada para reacções alérgicas graves, uma injecção de epinefrina pode reduzir os sintomas até que receba tratamento de emergência.



Envie-nos o seu contacto, para podermos ajudar

Indique-nos  todas as informações possíveis para prestarmos o melhor atendimento, o mais personalizável possível.






×